Aplicações

Comercialmente são classificados como mármores, todas as rochas carbonáticas capazes de receber polimento. A composição mineralógica depende da composição química do sedimento e do grau metamórfico. Dessa forma, possuem uma variedade de cores e texturas, estruturas que as tornam bastante rentáveis na indústria de rochas ornamentais.

O mármore é uma peça que se destaca na arquitetura e na decoração desde sempre e nunca sai de moda.

A pedra foi muito utilizada na civilização grega e até hoje conquista fãs pelo mundo, garantindo ambientes elegantes, sofisticados e, sem dúvida, contemporâneos.

Hoje em dia, a tendência é que o mármore seja adotado não só em banheiros ou cozinhas, mas que conquiste também todos os outros cômodos da casa. A clássica aplicação em pisos e bancadas convive hoje com o uso de objetos decorativos, móveis, paredes e fachadas do material.

Outra tendência muito interessante é o uso de revestimentos que reproduzem a estética do material e ainda trazem outras vantagens, como um preço mais acessível, pouca necessidade de manutenção e limpeza mais fácil.

Apesar de resistente e durável, o mármore precisa de cuidados. A rocha pode ser desgastada por riscos, pancadas ou materiais abrasivos.

O uso do mármore em áreas externas é pouco indicado também em função dos danos que podem ser causados pela movimentação intensa e por fatores climáticos (chuva e poluição) que desgastam e alteram as características próprias do material. Nesse quesito, o uso de revestimentos que reproduzem o material pode se mostrar mais vantajoso.

Geralmente, a pedra é aplicada em ambientes com traços mais clássicos e minimalistas, uma vez que garante características mais sofisticadas, com uma pegada discreta e, ao mesmo tempo, marcante.

O granito é uma rocha magmática (resultada do esfriamento e solidificação do magma) que se forma abaixo da camada do solo e formado quando há baixa pressão na lava quando solidificada. É usada principalmente como rocha ornamental e na construção civil.

Por ser uma pedra natural, o granito vem em centenas de cores e padrões, com composições totalmente originais. A grande quantidade de tipos de granitos aumenta ainda mais as possibilidades para utilizar a pedra na decoração do seu espaço. Então, se você está pensando em usar o granito na decoração, continue a leitura e entenda antes sobre os principais tipos de granito e como você pode utilizá-los em sua casa.

 

O granito Amarelo Capri (ou Amarelo Maracujá), por exemplo, é caracterizado pelo fundo vermelho claro róseo com pequenos pontos pretos e brancos distribuídos uniformemente pela peça. Esse tipo de granito tem baixa porosidade, não absorve muita água e pode ser usado tanto no ambiente interno quanto externo. As principais aplicações do granito Amarelo Capri são: pisos, bancadas de cozinha e banheiro, mesas, entre outras.

o Silestone é na verdade uma marca, e não o material em si. Ela foi criada pela Consentino, empresa espanhola global que produz e distribui superfícies inovadoras para o mundo do design e arquitetura. Mas devido à sua utilização em larga escala, o nome Silestone acabou sendo usado informalmente para descrever um material produzido por meio de alta tecnologia, formado por quartzo natural e outros compostos, como vidro e elementos metálicos.

As peças são uniformes, em sua maioria, com uma superfície lisa, sem irregularidades ou texturas e que reflete bastante brilho. Sua composição proporciona altíssima resistência e durabiliadde. Hoje, existem outras empresas que produzem esse material, no entanto a sua composição pode variar de um fabricante para outro.

O silestone é indicado pelos especialistas para ser usado em propostas de decorações de interiores. Essa pedra é excelente para revestimento de bancadas, chãos e paredes de cozinhas e banheiros, por exemplo.

Devido às suas características, o silestone não serve para todo o tipo de local. Tratando-se de pisos, ele só deve cobrir áreas de média e baixa circulação de transeuntes.

Jamais poderá servir para áreas externas ou espaços que fiquem em contato direto com os raios solares.